Universal e Edir Macêdo acusados de sequestrar crianças em Portugal

0
204

Na noite desta segunda-feira (11) uma emissora de televisão de Portugal fez uma denúncia bombástica contra o dono do grupo Record e líder da Igreja Universal do Reino de Deus – Edir Macêdo. Segundo a reportagem da TVI o Bispo utilizava uma suposta casa de acolhimento administrada pela Universal para tomar crianças de suas famílias e mandá-las para o Brasil.

Um dos casos mostrados na reportagem afirma que o próprio Edir Macêdo tomou duas crianças de sua mãe e os deu para sua filha Viviane Freitas adotá-los. A mulher afirma que tudo começou com uma trama, onde, uma suposta ligação anônima denunciava que a mulher, pobre, deixava as crianças sozinhas para ir trabalhar.

A mãe das crianças deveria deixá-la no suposto abrigo da Universal como uma espécie de creche permanente até ela melhorar de vida e que ela poderia ver sempre as crianças normalmente. Todavia, segundo a reportagem, a mulher não obteve ajuda como prometido, não pode ver os filhos e quando questionado, descobriu que as crianças estavam com a filha de Edir Macêdo.

A mãe das crianças, chamadas Vera e Luis, entrou em desespero ao saber que a filha de Macêdo levou as crianças para os Estados Unidos onde reside. Muitos outros casos foram apresentados na reportagem e muitas mães denunciaram. Muitos bispos e pastores da Igreja Universal, em meados da década de 90, teriam recebido de Macêdo a ordem de fazerem vasectomia para não engravidarem suas mulheres.

Passado um tempo ele voltou atrás e solucionou o problema da falta de crianças nas famílias destes líderes fazendo estas adoções ilegais. Logo após a repercussão do fato o assunto se tornou um dos mais comentados em Portugal e no Brasil. Até o fechamento desta matéria a Universal e a assessoria de Edir Macêdo não haviam se manifestado.

Deixar resposta