Marco Prisco está “na mira” do MP – BA e tem mandados de busca e apreensão expedidos

0
43

O deputado estadual Marco Prisco que também é um dos fundadores da Associação de Policiais, Bombeiros e Familiares do Estado da Bahia (ASPRA) é acusado pelo Ministério Público da Bahia de suposto crime de falsidade ideológica. Segundo as informações colhidas pela nossa equipe a denúncia teria sido protocolada no último dia 02 de janeiro deste ano e no último sábado (06) o MP – BA pediu ao Tribunal de Justiça do Estado para expedir mandados de busca e apreensão.

A juíza Nartir Dantas Weber não concedeu, justificando, que não havia urgência para a pauta. Os mandados deveriam ser realizados em três endereços em Salvador, inclusive, no gabinete do parlamentar. Ainda existem pedidos de busca e apreensão em endereços de Santo Antônio de Jesus. Dois ex -dirigentes da ASPRA também foram denunciados, sendo eles Fábio da Silva Brito e Paulo Henrique Pereira de Souza.

Segundo o MP existem indícios de crimes de lavagem de dinheiro, peculato e associação criminosa. No pedido o poder público ainda pede a quebra de sigilos telefônicos e bancários para investigar melhor as evidências.

Prisco afirmou que a denúncia é mais uma perseguição política e que pretende tomar conhecimento dos fatos.

Por: Repórter Radiola (MTB 5173/BA)

Deixar resposta