Fiscalização em 15 municípios baianos encontra muita irregularidade em escolas e hospitais

0
33

Nesta última quinta-feira (07) uma ação promovida pela Rede de Controle de Gestão Pública culminou com flagrantes de problemas de estrutura em 53 unidades de saúde e escolares da rede pública. A fiscalização está dentro das pautas do “Dia Internacional de Combate à Corrupção” que ocorre dia 09 de dezembro e objetiva obter o máximo de informações para serem inclusos em um banco de dados.

O que as equipes encontraram foi muita falta de estrutura e organização por parte dos órgãos que deveriam zelar dos respectivos patrimônios. Em escolas, por exemplo, problemas de merendas vencidas, carteiras quebradas e amontoadas, infiltração, instalações elétricas completamente irregulares, entre muitos outros problemas. Muitas unidades de saúde completamente fora dos padrões necessários e exigidos pelo Ministério da Saúde.

Ao todo foram fiscalizados 15 municípios sendo eles – Lençóis, Serra Preta, Jacobina, Ibotirama, Euclides da Cunha, Esplanada, Casa Nova, Aporá, Santo Antônio de Jesus, Una, São Gonçalo dos Campos, Cruz das Almas, Jequié, Nazaré e na capital Salvador. Neste processo de fiscalização estiveram presentes Promotores, Procuradores da Justiça, representantes dos Ministérios da Educação e da Saúde.

Esta fiscalização contou com mais de 70 pessoas e é incluída dentro do programa do Ministério Público chamado de Saúde + Educação: Transformando o Novo Milênio’. Um banco de dados é criado dentro deste programa e essas informações colhidas são cadastradas para ajudar a traçar o perfil de como os recursos são aplicados em cada município. Essas unidades fiscalizadas, por exemplo, recebem um montante de R$ 100 milhões.

Deixar resposta