Em credenciamento prefeitura cobra até R$ 451,13 de ambulantes

0
70
Foto|IGBahia

Começou nesta segunda-feira (08) o credenciamento de trabalhadores ambulantes que deverão trabalhar nas principais festas populares da capital Salvador. A medida já foi publicada no Diário Oficial do Município e dá credenciamento aos trabalhadores para as festas do Bonfim, São Lázaro, Itapuã, Rio Vermelho, além de Fuzuê e Furdunço, no Carnaval.

Muitos trabalhadores, que retiram o sustento da família do que vende, terão que pagar taxas de até R$ 451,13. Para tanto deverão realizar as inscrições pelo site (http://www.sca.salvador.ba.gov.br/) que é do Sistema de Credenciamento de Ambulantes. O site irá gerar o valor do Documento de Arrecadação Municipal (DAM) que deverá ser pago e, em seguida, apresentado no Setor de Licenciamento da Semop.

Muitos pais de família reclamam destes preços absurdos que não ajudam em nada os menos favorecidos. A equipe do Minuto Bahia conversou com algumas pessoas que afirmaram ser desrespeitosa às cobranças abusivas. “Oxe… esse prefeito deveria deixar o povo que possui um isopor de graça, ou pelo menos mais barato” disse seu Antônio Santos Gomes (67).

Nossa equipe não conseguiu contato com a administração ou o setor responsável para comentar sobre os valores cobrados dos vendedores ambulantes.

Por: Repórter Radiola (MTB 5173/BA)

Deixar resposta